As pessoas da Geração Z são o futuro e sobre isso não há dúvidas, mas a verdadeira questão é se o futuro aceitará essa população como parte de um ecossistema.

Porém, isso não é preocupante, já que a determinação de ocupar um espaço nasce com elas.

E é justamente por isso que o inserimento destes indivíduos em um espaço já existente é tão importante.

Os nascidos entre 1995 e 2010 são os chamados de Geração Z. Junto com essa nomenclatura, vêm também as profissões adaptadas ao cenário atual, onde a internet é a maior ferramenta e as redes sociais são o espaço de trabalho.

Ninguém melhor para entender sobre isso do que quem nasceu na era digital.

Esse espaço que as mídias sociais ocupam cresce a cada dia, auxiliado pelo uso contínuo das pessoas da Geração Z.

Elas veem essas redes como uma forma muito possível de crescimento para os próprios negócios, graças à velocidade em que as coisas mudam.

Essa constante modificação, na verdade, é um modelo que se aplica facilmente por causa do grande fluxo de “tudo” que se tem diariamente.

Elas possuem uma visão um pouco mais aberta sobre formas mais eficazes de produtividade.

Não pense você que elas não sabem fazer muita coisa por causa da idade: dominam todo o ambiente digital, espaço tão necessário para o trabalho nos dias de hoje.

Nossos pais são bons em fazer trabalhos manuais de montagem? Nós somos bons em fazer trabalhos de montagem no Photoshop!

O início de um sonho

A Geração Z começa cedo. Uma pesquisa realizada pelo Gallup Student mostrou que 40% das pessoas entre a segunda metade do ensino fundamental e o terceiro ano do ensino médio querem ser empreendedores.

Muito disso vem dos pais, que começaram na carreira dos negócios com uma idade mais avançada que quinze anos.

Antigamente, seguir esta carreira significava ter dinheiro. Nos tempos de hoje significa o não contentamento com o sistema já existente.

As pessoas da Geração Z procuram sempre se reinventar e pertencer a um espaço onde possam colocar suas ideias e criatividade em ação – não é fácil encontrar em um mercado que não abre as portas. 

Mesmo que o fator primordial seja a vontade de ver a mudança no mundo, o investimento é fundamental. Afinal, um negócio não gira sem capital.

Chidike Samuelson, colunista da Entrepreneur, acredita que os investidores preferem aplicar dinheiro em empreendedores jovens por causa da possibilidade de eles se tornarem melhores no futuro, o que não acontece com pessoas mais velhas.

A Geração Z é mais aberta a ouvir opiniões e críticas construtivas de como pode melhorar seu desempenho.

As pessoas pertencentes a esse grupo gostam de criar em conjunto, visando um bom relacionamento com os clientes, onde eles possam crescer juntos.

E é aí que está a peça-chave: crescimento. É isso que conduz os sonhos e ideais dessas pessoas. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s